O Agrupamento de Escolas de Ourém participou no III Encontro Nacional de Escolas Ubuntu (ENEU), realizado no passado dia 20 de novembro, no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. Neste evento, transmitido também em direto, via streaming, estiveram presentes 1200 participantes de cerca de 400 escolas. A sessão de abertura foi realizada por Pedro Cunha, Diretor Geral da Educação.

As escolas aderentes a este projeto fizeram-se representar em mais um dia de celebração da Academia de Líderes Ubuntu. Numa tarde de festa e de muita animação, com algumas emoções à mistura e partilha de experiências, a alegria do espírito Ubuntu fez-se sentir entre professores, técnicos, formadores e alunos. Foi refletido o impacto da implementação deste projeto e dado a conhecer muito do que tem sido feito a nível nacional, nas escolas, através da implementação das semanas Ubuntu, da dinamização dos clubes e/ou das atividades de escolas onde não foi possível formar os respetivos clubes.

“A mudança está nas tuas mãos!” foi o mote deste ano, apresentado num puzzle gigante, construído em palco com peças gigantes trazidas por vários alunos, ao som do rufar dos tambores do grupo Ubuntu de um agrupamento de Lisboa, reforçando o papel que cada um de nós tem na construção de um mundo mais humano, solidário e empático. É preciso “Esperançar”, todos os dias!

O grupo teve o privilégio de testemunhar, na primeira pessoa, a inspiradora história de vida do jovem médico Lourenço Madureira Miguel, portador de uma doença incapacitante ainda desconhecida, que pela sua capacidade de resiliência, boa disposição e amor à vida, continua a lutar, apesar de tudo. Lourenço Madureira Miguel é autor do livro “Vida entre linhas“, do qual se ouviram alguns excertos, tendo sido oferecido um exemplar à biblioteca escolar da Escola Básica e Secundária de Ourém.

Um dos momentos altos da tarde deu-se ainda com o reconhecimento e entrega do prémio Ubuntu Honoris Causa a Armando Leandro, que muito tem contribuído para o sucesso deste projeto.

No próximo ano, o agrupamento conta estar novamente a testemunhar a experiência e a alegria de ser uma Escola Ubuntu, onde a dignidade humana é valorizada e cada elemento da comunidade educativa é visto como uma pessoa única e especial, vivendo diariamente a máxima “Eu sou porque Tu és”!

 

 

 

Notícias