Sob o lema: “Trabalha com Amor; Vive com Sabedoria!”, na passada sexta-feira, dia 24, realizou-se a cerimónia de homenagem aos alunos que, no ano letivo 2022/2023, provaram merecer pertencer ao Quadro de Mérito Académico e Desportivo do Agrupamento de Escolas de Ourém e aos que apresentaram Prova de Aptidão Profissional de excelência.

Alunos, encarregados de educação, assistentes operacionais e professores (diretores de turma e/ou de cursos) encheram o Multiusos da Escola Básica e Secundária de Ourém, onde decorreu este momento festivo, no qual se destacaram aqueles que, pelo trabalho desenvolvido, viram reconhecido o esforço, a aplicação, a dedicação e envolvimento com a escola, ao longo de todo um ano letivo.

Na sua intervenção, a diretora do AEO, professora Sandra Margarida Pimentel, começou por saudar os presentes, sublinhando o facto de este ser um agrupamento “Humanista, que defende e ensina valores morais, sociais, ambientais, pessoais, de empatia, respeito, inclusão, alegria, crescimento mútuo, considerando relevar a sua importância pois só os números e as classificações não constroem um bom cidadão, uma boa pessoa”. Por isso, ao “parabenizarem-se estes jovens pelo mérito académico, deseja-se que, para além deste exemplo, o sejam também como jovens humanistas e construtores de um futuro com tempos melhores. Gosto de pensar que somos uma escola onde se vive de, com e para os afetos e que isso nos faz ser mais sábios, mais atentos, mais empenhados e motivados para o trabalho que fazemos, cada um de nós, em cada dia”, disse.

A presidente do Conselho Geral, professora Isabel Reis, começou por destacar “os alunos, bem como os seus professores que permitiram, hoje, reconhecer o empenho, a dedicação, a assiduidade, o esforço do trabalho, assim como o valor do trabalho em equipa”, dirigindo também “uma palavra especial aos pais/encarregados de educação, parceiros de eleição na procura do sucesso dos nossos alunos”, dizendo-lhes o quanto é importante a sua colaboração e presença continuada no acompanhamento dos seus filhos, “para que desta forma o trabalho dos professores não se torne numa tarefa árdua e com possibilidade de menos sucesso”. Aos alunos, deixou ainda uma palavra de motivação e esperança, referindo que, não obstante a turbulência e incerteza do mundo atual, é no querer, na determinação e no trabalho conjunto que as contrariedades são vencidas e que por isso não devem esquecer que “vencedor não é aquele que sempre vence, mas sim aquele que nunca para de lutar”.

Ao longo da cerimónia, que contou com vários momentos musicais e declamação de poemas, tendo como protagonistas e intérpretes alunos e professores, foram entregues 41 diplomas no 2.º ciclo, 43 no 3.º ciclo e 28 no ensino secundário.

Quanto ao mérito desportivo, receberam o respetivo certificado, dois alunos, Thayla Dias do 5.º ano e Carlos Sousa, no 9.º ano.

Foram também homenageadas as alunas dos cursos profissionais, Laura Silva, Tânia Pereira e Ana Oliveira, que no ano letivo anterior, apresentaram Provas de Aptidão Profissional de excelência, marcadas pela inovação e pertinência, revelando grande autonomia e dedicação. Estas provas consistem num projeto transdisciplinar, integrador de todos os saberes e competências, adquiridos ao longo dos três anos de formação, constituindo, assim, o momento final de avaliação de todo o curso.

 

Projeto Milage Aprender +

A App Milage Aprender+, desenvolvida pela Universidade do Algarve, no âmbito dum projeto Erasmus+, é uma ferramenta de auxílio à aprendizagem que tem vindo a ganhar adeptos no nosso Agrupamento, e em particular na EBSO, sendo já vários os professores que promovem a sua utilização e alunos que a adotam como parceiro de estudo.

Este projeto promove, anualmente, diversos concursos. No ano letivo anterior, foram 17 alunos da EBSO que neles participaram e aos quais foram também entregues os certificados, emitidos pela equipa do projeto. Na categoria de "Aluno Autor de Matemática A - Ensino Secundário", alguns dos discentes foram finalistas, tendo defendido o seu trabalho na Conferência Anual Milage Aprender+, no passado mês de julho, em Sesimbra e a aluna Diana Pereira, do 11.º D, ficou em 5.º lugar no concurso "Pontuação de MACS/11.º ano".

O Agrupamento de Escolas de Ourém também foi distinguido pela equipa do projeto com os certificados de participação relativos a cada um dos grupos de alunos autores e com o selo de Escola Milage Aprender+. A entrega desse selo à diretora coube aos alunos José Branco e Vitória Kushniruk, embaixadores Milage Aprender+ na nossa escola, no ano letivo transato.

Reportagem fotográfica a cargo de Rafael Almeida e Samuel Querales do Curso Profissional de multimédia

 

 

Notícias